domingo, 9 de janeiro de 2011

My broken world will never know.

Um dia vamos estar juntos novamente. Um dia vou descobrir que foi tudo um sonho. Um sonho de pés descalços, um romper do meu coração em dois. E nos meus sonhos a escuridão predomina, e quando sonho em deixar a minha vida negra e despedaçada para trás, mais negro se torna o meu dia. E o meu dia repete-se sem fim, fragmento da minha imaginação, do meu sonho frio onde apenas eu, sozinho, sei estar confortável. E quando nos encontrarmos, quando tudo deixar de ser um sonho, quando passar a ser realidade ou um pesadelo, só eu saberei se me encontrei em algum bocado de ti.

Não entendo porque te deixei assim, caido, e não lutei. E não sei porque és apenas tu que me pode levar a casa, ao conforto e ao calor, ao sonho não fragmentado dentro da minha cabeça. E quando estivermos juntos, quando os sonhos deixarem de me afogar dentro dos seus gritos estridentes, eu sei que procurarei a escuridão como sempre o fiz. É difícil deixarmos para trás os nossos hábitos, o nosso mundo decadente. Mas talvez tu possas aguentar mais do que eu penso, especialmente quando estivermos juntos novamente, até que eu me aperceba que és apenas mais um sonho... Afinal serás apenas mais um sonho....

Will you be just another dream in the end?
My broken world will never know...

4 comentários:

Rute disse...

Depois de ler isto, fiz um grunhido...

Pedro José disse...

li.

O Peru Ressabiado disse...

Deve ser da nossa partilha de cérebro. Consegues pôr em palavras aquilo que me sai pelos poros todos e que não consigo dizer.. <3

Firefly disse...

<3<3 Agora faz sentido...