quarta-feira, 6 de julho de 2011

Dia 16 de Verão (Amar)

Este post vem um pouco mais cedo do que seria de esperar. Eu sei que o dia ainda não terminou, muito longe disso. E vou me deixar de metáforas por hoje, não quero saber! Primeiro quero dizer que um dia que começou pessimamente, foi piorando com o tempo até ao expoente do vosso escritor não se conseguir mexer, nem respirar num banco de autocarro, e depois PUFF! Fez-se magia. Chocapic por assim dizer! Quer dizer, não tem porque ser chocapic, só tem que ter chocolate. A minha intenção é realmente a seguinte: quero que todos os que lerem este texto, todos mesmo, sintam que vos amo perdidamente, tal como se fossem feitos de queijo de ovelhas do melhor que há (e que comi hoje ao lanche, e não, não vos quero comer como comi o queijo... pelo menos não a todos, porque sou selecto e porque dar-me-iam uma bruta indigestão...)! E é isso! Espero que o resto do vosso dia seja realmente mesmo muito bom e abraçado e beijado e com muito Amor! Porque isso é que importa acima de tudo! Se virem um parvinho a abraçar pessoas aleatoriamente na rua, serei eu provavelmente!

Nota: não, não estou apaixonado. Sim, sim estou urso carinhoso.
Nota 2: Adoro, não, AMO pessoa(s) que me querem em vez de adorarem-me, ou me amem em vez de quererem-me, ou me adorem perdidamente em vez de amar-me. O importante é termos estes bons sentimentos um pelo outro. (Um pouco de surrealismo e coisas sem sentido aparente faz sempre bem aos meus leitores ^^)
Nota 3: TUDO DE BOM PARA TODOS

5 comentários:

GotchyaYinYang disse...

I love you with all my heart! And your soft beard too! :)

Firefly disse...

And I love you!

O Lado B do Espelho disse...

Hmmm, queijo bom com pão alentejano e um bom vinho. Para quando mesmo?! =D

Ivete disse...

Está engraçado! E inspirado!!! :))

Ana Pena disse...

:D vamos amar o amor, seja ele o que for, esteja ele onde estiver! siiim... Tudo de bom!