quarta-feira, 27 de abril de 2011

Frustações

Suponhamos que o Sol simples não sai para brilhar mais nenhum dia. Suponhamos por momentos que a Lua brilhará eterna. Suponhamos que as tuas questões, todas essas perguntas, desaparecem com a luz. Suponhamos, somente por supor, que davas mais um passo em frente na tua vida, e não dois atrás. Se tens tantas dúvidas, pergunta-me. Se tens medo, fala comigo, eu protejo-te. Se não sabes simplesmente o que pensar ou o que fazer, eu não me importo, estarei ao teu lado como sempre. Mas reage. Mas reage perante mim e comigo. Mas reage com a idade que tens.


Lembraste como é sentir os meus dedos na tua pele?

Lembraste como sabe o meu corpo?

O sabor da minha boca?

Quanto mais penso em ti mais certeza tenho que adoras o sabor que deixo na tua boca,

que amas o arrepio que sentes debaixo dessa tua barreira,

debaixo da tua pele…

5 comentários:

Rute disse...

<3

Frutos vermelhos e deixa na pele o cheiro a incenso fresco e aromático =)

teppefall disse...

Ora benhe, onde está a fila para tirar senha, faz fabore?

(com tanta coisa minha nem te tenho perguntado, estás bem? sei que não gostas muito de falar sobre os teus problemas, mas sabes que estás à vontade)

(e logicamente não precisas de aceitar este comment, mas vê lá se ao menos dizes se estás bem)

Um abraço.

Firefly disse...

Eu aceito sempre tudo! =P=P

Yes! Just a lot on my mind lately... And if I use it correctly, it isn't a bad thing...

Ana Pena disse...

Sentir-te deve ser um bilhete de ida e volta de saída da orbita terrestre, com direito a viagem pelo o Universo... :)

Adoro ver pessoas com o power todo! Assim é que é cara...!

Firefly disse...

És maravilhosa e adoro a forma como me sobes o Ego =) E dás festinhas! hehehehe