segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Pensamento

Adoro analisar as reacções das pessoas. No nosso dia a dia, as reacções perante determinadas situações conseguem estimular o meu interesse. Mas hoje principalmente ponderei uma questão básica em mim: porque reajo de formas que não devia perante situações que não estão relacionadas comigo, ou porque sinto coisas que não deveria se a razão actua-se em mim? Tenho me completamente entretido analisando o que sentimos e fazemos no dia a dia. Presumo que o ser humano é perfeito neste sentido, porque isto nos trás originalidade. Somos únicos na forma como vemos a vida.
Por outro lado, hoje apercebi-me que muitas pessoas têm as reacções correctas nas situações mais difíceis, ou complexas. Mas depois de saber as razões por detrás de tais formas de agir, resta-me pensar que nem todas as reacções correctas vêm de formas de pensar correctas. A razão pela qual as pessoas fazem determinados gestos, ou dizem as palavras certas, são totalmente egocêntricas. Tudo vai dar ao bem pessoal. Ninguém pára para pensar dois minutos no próximo. E quem pensa, uma vez mais, é de uma forma totalmente egocêntrica. E isto deixa-me triste.
Mas muita coisa me deixa triste, começando pelo facto de querer fazer uma lobotomia e ninguém me deixar.

Muito seriamente: existe um sentimento em mim que me tira do sério. Acho que todos temos aquele defeito que é plenamente consciente e que nos consegue meter num fundo do poço. E afastar de toda a gente. É assim mesmo.

3 comentários:

teppefall disse...

"Acho que todos temos aquele defeito que é plenamente consciente e que nos consegue meter num fundo do poço. E afastar de toda a gente. É assim mesmo."

Lá está, a principal consequência de ficar a jogar Playstation tardes inteiras. Deixa a Christie e o seu cabelo e sai debaixo do cobertor! Aproveita e vai andar à chuva, senti-la a escorrer-te na cara, sentir o vento a empurrar-te, ver a trovoada a apagar e a iluminar a cidade e com um pouco de sorte fugir a uma chuva de granizo ;)

Firefly disse...

Obrigado por copiares tb os meus erros =P
Eu jogo muito pouco por dia, e nao jogo pela tarde. E já faço isso, como bem sabes =P Fugiste bastante ao significado do texto...

teppefall disse...

My dear friend, não tenho qualquer interesse em dar aso às tuas maluqueiras. Sabes que as percebo bem, porque também eu tenho as minhas, que em muito se assemelham e me consomem o juízo de quando a quando.
Por isso, o máximo que posso fazer é ouvir-te/ler-te e atirar ao ar umas cabronices, de forma a tentar uns esboços de uns sorrisos nessa cara. Porque de nada valem os discursos bonitos, já os sabes todos e simplesmente em nada ajuda recalca-los.