domingo, 13 de setembro de 2009

Aceite

Eu queria ser aceite. Mas estava à procura nos sítios errados.
Eu quis ser ouvido, ressenti a surdez alheia,
mas presumo que mais uma vez a culpa é minha por não saber ouvir outrem.
Os papéis mudam com o tempo, eu pareço ficar estático.
Eu queria ser aceite. Agora já não tenho a certeza.


Um comentário:

Ivete disse...

Tudo vai ficando para trás... E o que parecia muito importante ontem, hoje já não interessa!

Abraços