terça-feira, 5 de maio de 2009

Ao exilio

Nem começo a comentar...
...

2 comentários:

Porcelain Doll disse...

:-)) ... triste, porém verdadeiro, reconhecemos nós... como tantas coisas verdadeiras... mas é verdade também que um sonho nunca morre, por mais que o amordacemos... um dia brotará, pois ainda antes de nascer o sonho já vive... e a alma nunca pára de sonhar, por mais que a lancemos ao abismo... algo tem de nos fazer avançar...

Beijinhos...

Firefly disse...

Lindo...

Beijinhos