domingo, 5 de outubro de 2008

Pensar

Dei por mim a pensar. 
Sim, a pensar. 
Geralmente não vou longe a pensar. 
Quando não penso é melhor. 
Mas dei por mim a pensar na mesma. 
E agora? 
Agora olha. 
Merda para mim.

Um comentário:

Tiago Reis disse...

O Pensamento flui para uma esfera
O Pensamento quer-se único e belo
Penso para mim se será aquela
A ideia única que para mim eu quero

E a pensar deixo-me fugir
Para uma esfera pesada
Onde me sinto vago e a cair
Numa esfera negra e rodada

De tanto pensar esquivei
Limei arestas cortantes
Mas a pensar me enganei
Já não sou o que era antes

Pois a pensar me levei
Pois a pensar me iludi
Minha mente ludibriei
Meu pensar que não acudi

E olhando o infinito penso
Se a pensar muito me magoarei
Dou por mim então a sangrar
Pois à minha dor me entreguei

Não penso se haverá rumo
Não penso neste Inverno
Penso sim num sonho profundo
Um sonho doce, puro e terno…

Tiago Reis