quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Não o faço

Na história da vida muitos momentos se passam. Simplesmente, por vezes, caiem uma data de coisas ao mesmo tempo em cima de ti quando te encontras mais em baixo, que te relembram os bons tempos que passaste e que vais passar e que passas:
Padrinho de casamento.
Amizade que pelos vistos não existe no espaço, mas existe no tempo.
Bocados achados de mim:

Love / Frustration

"Seeing you covered in shadows
I take your bleeding soul in my hands
I wish i could make it all perfect
It hurts me knowing that i can't
But i won't let you fall alone
I would cry your tears
And i would suffer your pains
Take my hand, and i will never let it go..."
4 Jan 2006

4 comentários:

Adomnán disse...

Queria comentar, mas, adaptando o que diz a Virginia Woolf: looking for a phrase, i found none to stand beside this...

Rute disse...

Uh... Sr. José de fato e como padrinho de casamento... How hot is that!!!

GotchyaYinYang disse...

Sexyyyyyyyyyyy (os meus comentários aos teus blogs começam a repetir-se... lol mas és sexy!)

Fénix disse...

:)
Grande padrinho. Bem mereces, e eu que o diga também.
*