terça-feira, 29 de abril de 2008

Água

Parece que tenho um desiquilibrio. Tenho um desiquilibrio aquoso no meu corpo. As minhas aquaporinas não devem estar a funcionar bem. Por cada 4 lágrimas que deito do olho direito. Só deito 1 do olho esquerdo. Qual será o lado da razão? Qual será o lado de que sou feito? Só vejo negro. Negro. Tens razão, vou me lixar.

2 comentários:

Rute disse...

A ti te dedico o poema "Água" do bocage!!! E acrescento:

Aqui está a água!
Que lava a boca de disparates,
E não to com cabeça para rimas!!! AZAR!!!! FONA! =P

Pérola disse...

:D Ás vezes também me sinto assim, mas é por breves segundos. Porque na verdade penso que pertence à "outra" parte.