sábado, 22 de março de 2008

Veneno

A ideia está me a percorrer lentamente. Desde que me cortei à bocado, até agora. Desde a origem do corte até estas palavras que escrevo. Um dia, como já escrevi, vi-te pela janela, e o meu coração saltou. Não acredites em tudo o lês, e nunca foi tão rápido quanto pareceu, mas foi um dia, depois de uma semana daquele telefonema fatidico. E eu acreditei. E senti. E agora não sinto, mas aperto com força o dedo para o ver sangrar. Acredito em algumas ideias, mas com esta ferida aberta vejo o meu veneno entrar em mim. Já devia ter anticorpos, mas não os tenho. E acredito. E se a minha ideia, o meu veneno, estiver certo, não sei o que farei, não sei. Gostava de escrever bem mais, gostava de transpor tudo o que sinto, tudo o que vejo. E na realidade, o que fica de mim? Fosse eu capaz ou não, nunca vai ficar nada de mim.

Acho que devo agradecer aqui a uma grande grande pessoa da minha vida. Uma pessoa que realmente vale a pena ( das muitas que estão comigo e que também valem a pena ). Mas esta pessoa, que passa despercebida tantas vezes, que eu tive medo de não gostar, esta pessoa talvez me compreenda um pouco melhor que tantas... Raras hipóteses tenho, e sabes que me mordo com facilidade. Injecto-me o veneno, e sabes como fico. Admitir perante mim mesmo.

5 comentários:

Rute disse...

Os anticorpos já os tens... E como tempo farão o seu devido efeito. Tenho a certeza.

"Everything you touch is gold" i know... I feel, i see it. Really, in time my friend, in time, you'll see it too.

Love ya *****

Rute disse...

Os anticorpos já os tens... E como tempo farão o seu devido efeito. Tenho a certeza.

"Everything you touch is gold" i know... I feel, i see it. Really, in time my friend, in time, you'll see it too.

Love ya *****

GotchyaYinYang disse...

Esse veneno vai morrer sem antídoto. Verás. Mais devagar é certo, mas vai desaparecer. Tens de acreditar que sim, porque senão arrastares-te-á cada vez mais para o fundo... e de que vale isso? Para quê? Tens muito mais para viver, muito mais para descobrir, muito mais para sorrir!!!! Muito mais gente para fazeres feliz e para te sentires feliz. Sabes disso. Sei que sim. Esta fase má vai passar. Tens de acreditar... Enquanto não passa, acelera o tempo. Distrai-te. Não te deixes pensar. E talvez... só talvez... não te deixes sentir. Enquanto o único sentimento for esse.

xtr3m disse...

Como um veneno, como uma droga...
A gente habitua-se... *

Pérola disse...

Fico contente por saber que consegues confiar em alguém e sentir-te bem com alguém. É um bom sinal, de que não necessitas assim tanto desse veneno para viver, porque ainda dás valor a coisas superiores.

Fica bem.