segunda-feira, 4 de junho de 2007

Poison me...


nota: em vez de opio deve ser ler ópio. mas deve ter mais erros por isso whatever

3 comentários:

e.t. disse...

sim senhor! temos escritor! Opáa, transmites as coisas de uma forma tão sentida...expressas mesmo bemm o que vai aí dentro! Tenho que te tirar o chapéu! =)

Rute disse...

Ain... Nada se perde tudo se transforma. E nós somos meros mortais que não conseguimos viver sem esse veneno. É o ópio do povo.

Também sinto falta de provar labios sumarentos, e beijá-los até me doer a alma. Quando finalmente o veneno entra em mim e me transforma.

Tão bom, mas contudo tão fragil. E os efeitos secundários são a alucinação e a ressaca é penosa de mais. No entanto... it hurts sooo bad, but we're always looking for it. hm?

Adorei Romeu ****

André disse...

"Impia sub dulci melle uenena latent." (Ovídio)

Terríveis se escondem venenos sob doce mel.