quarta-feira, 23 de maio de 2007

Inocência

Uma vez fui inocente. Fui tao pouco inocente que não me apercebi de ti. Outra vez fui menos inocente, e apercebi-me de outra mas deixei-a escapar. Na terceira vez, tentei ser o menos incoerente possivel, e o que resultou? A admissão do cravo espetado na minha cabeça, e da inocência perdida da primeira vez. Agora dizes-me 'Sou um corvo' e que queres que faça? Que me dispa de toda a pele, me arroje e me esfole como um coelho morto pela mão de alguém que não tem a minima noção do que faz? Bonito, sim muito bonito. Dois olhos olham por ti, 4 asas batem em ti, 6 seriam necessárias para me levantares, mas apenas uma para fazer o esforço. E tu tens-la. E tu não a queres utilizar. Porquê? Por causa da minha inocência? Ou por causa da tua? Ambas perdidas, ambas achadas, em vão parece-me.

"If every angel's terrible.... then why do you welcome them?"

6 comentários:

xtr3m disse...

n te dispas como um coelho...
despe-te como uma foca eheheh =D

mas se for preciso esfolar alguém, let me help you muahahah =D

Firefly disse...

lololol merci! Olha k essa ajuda será tida em conta eventualmente MUAHAHHAHA

Rute disse...

Muito bem, ponderação!

O bater com a cabeça fez abrir os olhos, infelizmente é assim que crescemos e é por esses erros que não voltamos a cair. Podemos cair no mesmo erro várias vezes, mas fico feliz por ser esta a vez que fincaste a tua posição! Mostra garra, sei que a tens!

Não te deixes pisar de novo, muito menos pelo amor. Esse tipo perigoso que nos enxe e esvazia assim como lhe dá na mona.

É muito mau, mas por vezes temos de congelar o coração e tentar doma-lo para não nos magoarmos mais. =D

Grous bison***

Firefly disse...

LOLOL Gostei da tua interpretação Rute! lolol curti mesmo pq pensaste em coisas k eu n pensei kuando o escrevi lol! Sim o amor pode ser uma coisa muito muito imprevisivel e luxuriosa. Por vezes pede coisas de nós que nós nao podemos dar, outras podemos mas ele nao quer receber... O amor é um ser demasiado complicadinho para meu próprio gosto...

Tiago disse...

Gostei!! Escreveste (escreves) de uma maneira quase poética que deixa as pessoas a saborearem as palavras... já te disse que escreves coisas complexas especialmente porque não sei de nada e por isso não percebi. mas acho que o que gostei neste post foi a parte do não perceber as coisas mas do simples gostar da escrita!

gostei desta frase: "e que queres que faça? Que me dispa de toda a pele, me arroje e me esfole como um coelho morto pela mão de alguém que não tem a mínima noção do que faz? Bonito, sim muito bonito." ...

Hastaaaaaa

Firefly disse...

Sabes sim bue! De coisas que nem eu sei! Mas muito muito obrigado pelo comentario. Eu nao concordo ctg, mas sobe o ego ouvir isso! =)
Mais uma vez, obrigado por saboreares o meu blog =)

Um grande abraço