domingo, 25 de março de 2007

Why don't you tell me your secret?

...o porque de ver diferente em tantas perspectivas, a forma de te captivar. Agradecer-te, porque sei que é necessário agradecer-te. Obrigado. Com todas as letras, entuações e acentos que não existem. Obrigado porque sei que ele está lá. Obrigado porque não o soube a tempo, mas obrigado na mesma porque o sei agora, e porque o valor entranhou-se na marca do chá que bebo neste instante, e no segredo que guardo dentro de mim, e que não existe para mais ninguém, para além de ti.

Nenhum comentário: